inspirações e aspirações

O ato de palavriar

  As pessoas pensam, sonham, falam e até gesticulam palavras. Tudo é palavra. É que nem a matemática, quando dizem que tudo é baseado em números. Tudo que a gente faz e age, é baseado em letras, em traços finos e estéticos que criam um significado. Tudo é palavra. Do “bom dia” ao Seu João, ao “passo amanhã” à Dona Maria. E toda palavra que seja palavra têm a sua importância. A importância de se comunicar e interagir com o mundo, ou apenas de dar um significado a ele, a sua vida, a vida de todos nós. Como é importante se comunicar!. O ato de palavriar pertence ao gosto exuberante do bom palavriador. Ele sabe fazer música, ele sabe fazer prosa, ele sabe palavriar.

  Ela amplia o conhecimento do homem, transformando-o em um bom narrador. Narra a vida. A própria e a alheia, escutando com serenidade o que ela têm a dizer em palavras. Não é só com palavras que se pode expressar um sentimento. Pode ser com um sorriso, um toque e o velho piscar de olhos. Assim o ato de palavriar continua intacto e imutável, inflexível para aqueles que não compreendem bem o seu dom, mas grandioso para aqueles que estão sempre em busca do entendimento. Às vezes arriscam até um vocabulário mais rebuscado, mesóclise e próclise, para os entendedores e especialistas na operação da normas gramaticais. Pra quê falar tão difícil? o bom português é aquele do povo, que todo mundo entende, é aquele digno de se resumir e ser objetivo. Tudo acabará em palavra não é mesmo?? até quando faz-se silêncio. E pela primeira vez se fez silêncio. A boa articulação da vida se encontram nas palavras que não são ditas e sim sentidas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s